[INOVAÇÃO E ACESSIBILIDADE]

Desde 2017 sou membro do COMPUR (Conselho Municipal de Política Urbana), instância de discussão e deliberação de políticas de planejamento urbano e gestão do território de Belo Horizonte. Uma das pautas discutidas no conselho foi a obra da Catedral Cristo Rei, importante complexo religioso que tem sido construído desde 2013.

Tenho trabalhado muito em prol da acessibilidade em nossa cidade, por isso realizamos uma visita técnica à obra para conhecermos os projetos voltados à pessoa com deficiência. A catedral está sendo projetada para comportar até 20 mil pessoas e eu não poderia, enquanto membro da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-MG, Conselheiro no COMPUR, vereador e principalmente enquanto cidadão, deixar de dialogar e fiscalizar a respeito dos direitos das pessoas com deficiência.

Meu desejo é que tenhamos uma cidade de fato inclusiva onde todos possam ir e vir sem se sentirem desrespeitados. Vamos continuar trabalhando por isso.

 

 

Siga nossas redes:

Deixe uma resposta

*
*