CPI das Barragens ouve Senador Carlos Viana

Na manhã desta segunda, realizamos na CPI das Barragens, a oitiva do senador Carlos Viana. O senador trouxe informações relevantes e que devem contribuir para a CPI do município. Viana ressaltou que todos os levantamentos realizados pela CPI no Senado mostram que o ocorrido em Brumadinho foi resultado de sistemáticas omissões por parte da empresa.

A CPI das Barragens da Câmara Municipal foi criada em 20 de fevereiro para apurar os impactos no abastecimento de água de Belo Horizonte causados pelo despejo de rejeitos de mineração no Rio Paraopeba, após o rompimento da Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho. Desde fevereiro já foram realizadas dezenas de oitivas de representantes do governo do Estado, órgãos estaduais ligados ao Meio Ambiente, empresas mineradoras, ambientalistas e estudiosos.

A CPI também fez cinco visitas técnicas: ao Sistema de Produção de Água do Rio Paraopeba, em Brumadinho; ao Sistema de Produção de Água do Rio das Velhas, em Nova Lima; à Mina do Engenho, em Rio Acima; às Barragens B3/B4 da Mina de Mar Azul, em Macacos; à Mina da Fábrica – Barragens Forquilha I, II e III, em Ouro Preto; à Mina do Pico – Barragem Maravilhas II, em Itabirito.Este foi nosso último encontro na CPI das Barragens antes da entrega do relatório final, marcada para o dia 20 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado