De autoria do vereador Irlan Melo, projeto que prevê adoção de campos de futebol é aprovado

Quem cresceu jogando bola nos campinhos de Belo Horizonte sabe, nada é tão emocionante como fazer um gol chorado no final do segundo tempo, ou defender um pênalti naquela pelada com os amigos.

Infelizmente, as crianças de hoje não têm tantas opções de campos apropriados para viver essas experiências. Além disso, o futebol amador sofre com a falta de estrutura dos campos de BH para receber os jogos e competições.

Acredite se quiser, existem MUITAS empresas interessadas em adotar estes campos abandonados para apoiar o esporte amador, mas esta prática era proibida em BH.

O projeto de autoria do vereador Irlan Melo, que foi aprovado ontem na Câmara de BH, busca salvar os campos de futebol através de parcerias com a iniciativa privada.

Aprovamos em 1º turno o projeto 615/18 de nossa autoria que institui programa que prevê a adoção de campos de futebol, equipamentos e unidades esportivas.

De acordo com o projeto, as pessoas jurídicas que aderirem ao programa poderão divulgar, por meio de propaganda institucional, nos termos da legislação pertinente, as ações praticadas em benefício da instituição adotada.

Além disso, será conferido um certificado, emitido pela municipalidade, às pessoas físicas e jurídicas por sua participação no programa. A proposição também determina que a participação de pessoas físicas ou jurídicas no programa não implicará em ônus de qualquer natureza ao poder público municipal, nem em quaisquer outros direitos que não os previstos no próprio projeto.

O objetivo do programa é incentivar pessoas físicas e jurídicas a contribuírem para a melhoria da qualidade estrutural dos campos de futebol e equipamentos ou unidades de esportes. As ações dos participantes do programa previstas no projeto são: doação de recursos materiais, manutenção, conservação, reforma e ampliação dos campos de futebol e equipamentos ou unidades de esportes municipais.

Continuamos na luta por uma cidade mais eficiente, pela inclusão através do esporte, pelo seu direito, pela justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado