Você sabia que BH pode ter racionamento de água a partir de junho de 2020?

Você sabia que BH pode ter racionamento de água a partir de junho de 2020?

Não sei se você lembra, mas no começo do ano iniciei uma briga com a finalidade de obrigar a Vale a construir uma nova fonte de captação de água para Belo Horizonte, uma vez que a atual foi comprometida pelo rompimento da barragem de Brumadinho.Ontem, em reunião da CPI das Barragens, a qual sou relator, a Copasa confirmou o que há meses tenho dito: se os níveis de chuva do próximo período chuvoso forem os mesmos de 2013/2014 e as obras do novo ponto de captação do Rio Paraopeba não forem aceleradas, os cerca de 4,5 milhões de moradores da capital e toda a sua região metropolitana terão que conviver com racionamento de água potável. Uma notícia alarmante para os moradores de Belo Horizonte.“Desde o rompimento da barragem de Brumadinho, estamos abastecendo toda a região sem nenhum prejuízo, mas sem outro ponto de captação, explicou o diretor de Operações Metropolitanas da empresa, Rômulo Tomaz Perilli.No final de 2020 podemos chegar ao volume morto dos reservatórios, que é quando a água fica abaixo das comportas e a sua captação fica bem mais complicada de ser feita, caso a situação de 2013/2014 de poucas chuvas se repita”, explicou o diretor.Peço o seu apoio para continuar lutando e pressionando a Vale a arcar com sua responsabilidade para que nós não fiquemos sem água. #racionamentonuncamais

Publicado por Irlan Melo em Sexta-feira, 5 de julho de 2019

Não sei se você lembra, mas no começo do ano iniciei uma briga com a finalidade de obrigar a Vale a construir uma nova fonte de captação de água para Belo Horizonte, uma vez que a atual foi comprometida pelo rompimento da barragem de Brumadinho.

Ontem, em reunião da CPI das Barragens, a qual sou relator, a Copasa confirmou o que há meses tenho dito: se os níveis de chuva do próximo período chuvoso forem os mesmos de 2013/2014 e as obras do novo ponto de captação do Rio Paraopeba não forem aceleradas, os cerca de 4,5 milhões de moradores da capital e toda a sua região metropolitana terão que conviver com racionamento de água potável. Uma notícia alarmante para os moradores de Belo Horizonte.

“Desde o rompimento da barragem de Brumadinho, estamos abastecendo toda a região sem nenhum prejuízo, mas sem outro ponto de captação, explicou o diretor de Operações Metropolitanas da empresa, Rômulo Tomaz Perilli.

No final de 2020 podemos chegar ao volume morto dos reservatórios, que é quando a água fica abaixo das comportas e a sua captação fica bem mais complicada de ser feita, caso a situação de 2013/2014 de poucas chuvas se repita”, explicou o diretor.

Peço o seu apoio para continuar lutando e pressionando a Vale a arcar com sua responsabilidade para que nós não fiquemos sem água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado