OPORTUNIDADE! INSTITUTO OFERECE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

In Sem categoria |

On 21 de Fevereiro de 2018

O Instituto de Oportunidade Social de Belo Horizonte está oferecendo 160 vagas para pessoas com deficiência se capacitarem nas áreas de administração e de tecnologia. E tudo é de graça. Uma das alegações das empresas é que falta mão de obra qualificada.

Estão sobrando vagas de trabalho para pessoas com deficiência nos Sines estadual e municipal. O Sine estadual tem atualmente no total 108 vagas disponíveis. Dessas, 74 são para pessoas com deficiência, o que representa 68,5% da oferta. No Sine municipal, a situação é parecida. De um total de 61 vagas, 47 são para pessoas com deficiência – 77% das oportunidades.

Para a auxiliar administrativa Márcia dos Santos, o emprego na biblioteca foi o recomeço da vida profissional depois de um acidente. “Eu fui buscando conhecimento, fui correndo atrás, pela internet, buscando indicações até me informar mais a respeito de como funciona vagas para portador de deficiência, algumas empresas exigem cursos, treinamento, é todo um processo”, afirmou.

A capacitação faz toda diferença para quem quer se encaixar no mercado de trabalho. A Pollyanna Flores trabalha na instituição que oferece o curso. “A gente está com inscrições abertas até amanhã, oferece 160 vagas. Não tem chegado para gente. (…) Depois que eles se formam entrega certificado. Muitas empresas têm nos procurado”, falou.

A falta da formação profissional é uma dificuldade que a Isabela Dutra tem na hora de contratar profissionais com deficiência. “Às vezes a pessoa se candidata, tem requisito exigido que exige algum sistema ou formação e nem sempre encontra pessoas qualificada”, disse.

“Tão sobrando vagas em razão de três fatores. Um é o desconhecimento das pessoas que recebem benefício de prestação continuada que quando arrumam trabalho só tem benefício suspenso, se elas deixarem de trabalhar receberão de novo. O segundo é ainda a qualificação insuficiente da maioria das pessoas e o terceiro é ausência de cultura de RH de empresas de adaptar os locais de trabalho para acolher pessoas com deficiência que podem ser muito produtivas”, enumerou o subsecretário de Trabalho e Emprego Antônio Lambertucci.

E o caminho pra quem quer se candidatar não é tão difícil. “Elas podem acessar os postos de trabalho disponíveis de duas maneiras. Uma, vindo diretamente a posto do Sine com carteira de trabalho e CPF e encaminhadas à empresa, ou então podem acessar aplicativo Sine fácil e se cadastrarem para receberem por e-mail uma carta de encaminhamento à empresa”, informou Lambertucci.

A Edilene Oliveira tem uma deficiência na perna e conseguiu um emprego há oito meses. Ela está tentando uma vaga no curso de gestão, para se aperfeiçoar. “Eu trabalho no setor de vale transporte. Eu quero me aperfeiçoar”, falou.

Veja como se cadastrar nos cursos de capacitação no no site do Instituto. As inscrições terminam nesta quarta-feira (21).

Fonte: G1

Compartilhe:

Last modified: 21 de Fevereiro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *